Gorgo, A Medusa

gorgo3

Amanhece e os raios dourados de Azgher se esforçam para atravessar a densa folhagem da Floresta Greenleaf. Todas as criaturas saúdam o deus-sol solenemente mas uma em especial sente o abraço de Azgher como sendo bem mais revitalizante, assim como o sentem todos os seres de sangue frio. Protegida por um grosso manto com capuz, apenas um elfo de olhar penetrante e atento conseguiria discernir as pequenas e brilhantes escamas que recobrem a pele da criatura humanóide recostada entre as raízes gigantes de uma colossal sequóia. Ainda algo lentificada pelo sopro gélido de Tenebra, a criatura nem sequer nota um pequeno (e curioso) esquilo se aproximando cada vez mais…

Anúncios

9 Responses to Gorgo, A Medusa

  1. dragaodourado disse:

    cool legal primeiro post hehe

  2. Neo disse:

    Lol
    segundo ^^

  3. Slash/Rick disse:

    Pois é… DEVIA TER FICADO COMENDO NOZES! ESQUILO BURRO! XD

    Gorgo ownou geral!

    Parabéns pelo site Fábio! Seus contos são muito irados!

  4. Luis Paulo disse:

    Tormenta FTW, WAY TO GO FABIO \o/

  5. Leandro disse:

    loucaaa essa…viajei lendo cara, tive medo de estar nela!!! Parabéns cara!

  6. Fábio "Demo" Moraes disse:

    Ai ai @Leandro: Todo mundo tem medo mesmo das minhas Górgonas hauaahauahaua Tem uma taverna numa cidade em meu mundo chamada “The Eye of the Gorgon” e ela é cheia de estátuas em pedra de vários seres humanóides. Ninguem nunca viu, mas dizem que a dona da taverna/estalagem é uma Górgona ou talvez seja apenas uma escultora muito boa hauahauaahau. Os meninos (meus jogadores) na última noite que dormiram lá, todos quiseram ficar em um só quarto tamanho era o medo!! hauaahauahauahau

  7. Fábio Casanova disse:

    Ei! Como bom Dragonborn eu digo, quem tem cloaca tem medo! Olha o nome da taverna, várias estátuas, vários boatos e já diz o ditado se NPC fala ou foi, ou é ou será! 😉

  8. Fábio "Demo" Moraes disse:

    Hauhaauahauahauahau “Quem tem cloaca tem medo???!!” hauahau isso vai virar jargão de mesa!!!

  9. Keyler disse:

    Caríssimos Rpgistas,

    Como maior matador de monstros do “Demo” (título recebido após alguns anos de aventuras-solo em Sampa), posso dizer-lhes que o mesmo cria aventuras como se os jogadores fossem obstáculos e os monstros os PCs!
    A lógica e as regras dizem que eu estou errado, mas tenho certeza que, em momentos de desespero, já nocauteei monstros com testes de “procurar”, já esfaqueei outros com “carisma” e já arremessei “resistência de reflexos” em outros.
    Como? Jogue uma aventura do Demo que você descobre!

    Digo mais: No domingo próximo, se alguma “fêmea” aparecer usando capuz… vai tomar espadada logo de cara só pra garantir, mesmo que esteja “dormindo recostada em uma sequóia”.

    Keyler “Mind flyers taste like chicken” Cardoso

%d blogueiros gostam disto: